A Cárie em Estagio Inicial Pode ser Removida só Com Escovação?

A Cárie em Estagio Inicial Pode ser Removida só Com Escovação?

Apesar de nossos dentes serem muito fortes e resistentes, não se pode deixar os hábitos de higiene bucal de lado. “A lesão que a cárie faz no órgão dental (a coroa e a raiz do dente) precisa ser entendida num contexto de diversos fatores, sendo eles: tempo, indivíduo ou dente suscetível, microrganismos e dieta cariogênica”. “As cáries se desenvolvem da seguinte maneira: ao se instalarem no dente, os microrganismos começam a produzir ácidos na superfície do esmalte, alterando o pH da mesma, gerando uma porosidade”.

Após esse primeiro momento, acontece uma perda mais acentuada de elementos minerais importantes, como flúor e cálcio, formando um pequeno furo na superfície do esmalte. “Se essa lesão persistir, ela ultrapassará a camada do esmalte, chegando na dentina (uma camada do dente mais profunda), que é responsável pelas transmissões dolorosas. Caso não seja tratada neste estágio, a cárie atingirá a polpa dentária, gerando dor aguda e a necessidade de tratamento de canal”.

“O melhor “remédio” para o não surgimento de lesões de cárie é realizar a higienização bucal corretamente. Porém se mesmo assim elas aparecerem, existem alternativas conservadoras ou restauradoras para o tratamento”. No entanto, vale lembrar também que qualquer problema diagnosticado no seu início, é menos doloroso para ser tratado, incluindo as cáries.

Encontre os melhores Profissionais Odontológicos para saber a necessidade de uma extração.

www.dentistasdejau.com.br

Fonte: sorrisologia