Afta Recorrente Pode ser Sinal de Outras Doenças?

Afta Recorrente Pode ser Sinal de Outras Doenças?

Talvez. “O quadro de estomatite aftosa recorrente pode estar associado a outras patologias e não estão restritos à cavidade bucal, como as já citadas anteriormente. O quadro também é observado em inúmeras manifestações clínicas como leucoplasia pilosa, lesões papilomatosas por HPV (verruga vulgar, por exemplo), candidíase (sapinho), sarcoma de Kaposi, gengivite e periodontite ulcerativa necrosante aguda”.

É possível sim que as aftas recorrentes possam significar o surgimento de qualquer um desses casos. É importante, por isso, certificar-se de se consultar com um dentista profissional para que o seu caso seja propriamente avaliado.

COMO É O TRATAMENTO DESSES CASOS?

Nos casos da doença de Crohn, o tratamento é feito com anti-inflamatórios e suplementos para repor a deficiência de alguns nutrientes. Para os pacientes com a doença de Behçet, enxaguantes bucais e corticoides fazem parte do tratamento. “Porém não existe tratamento que garanta evitar novas recorrências”. O tratamento de neutropenia cíclica envolve o uso de corticoides. “Já os pacientes HIV positivo com quadro clínico de SIDA devem ser tratados com coquetel antirretroviral por um médico infectologista”.

Encontre os melhores Profissionais Odontológicos para saber a necessidade de uma extração.

www.dentistasdejau.com.br

Fonte: sorrisologia